Os quatro membros da Abba tocaram juntos pela primeira vez depois de 30 anos em Estocolmo em Junho de 2016.

Numa gala privada para marcar os 50 anos desde que a dupla de composições Björn Ulvaeus e Benny Andersson se encontraram pela primeira vez, os membros estiveram acompanhados pela Agnetha Fältskog e a Anni-Frid Lyngstadon em Berns Salonger, em Estocolmo. Além de discutir as suas carreiras, o grupo cantou o seu hit de 1980, Me and I, de acordo com o jornal sueco Expressen. Um evento que com certeza muitos fãs nunca previram acontecer e nunca esquecerão.

O evento aconteceu numa festa particular realizada no Hotel Berns de Estocolmo. A noite, realizada no salão do hotel do século 19, reuniu as pessoas-chave das carreiras muitas vezes entrelaçadas dos dois homens. Foi organizado pela rádio DJ Claes af Geijerstam, cuja banda Ola & the Janglers venceu aos ABBA para representar a Suécia no Eurovision Song Contest em 1973, um ano antes de ganharem a primeira vitória da Suécia com Waterloo.

O desempenho improvisado teria começado quando Lyngstad e Fältskog recitaram a canção como uma homenagem a Andersson e Ulvaeus, antes que a outra metade de Abba se juntasse e tornasse a reunião oficial. O filme da performance ainda não apareceu, mas as imagens apareceram nas redes sociais.

Embora a última tour do grupo tenha ocorrido em 1982, os quatro membros foram vistos pela última vez em Estocolmo para a abertura de uma nova aventura de entretenimento, Mamma Mia! The Party.

Apesar das suas ocasionais performances individuais, o grupo – composto por dois antigos casais – decidiram que não se reunir para a sua indução no Rock and Roll Hall of Fame em 2010.

Os quatro membros do grupo sempre se têm recusado a se juntar outra vez. Mesmo apesar de terem sido oferecidos US$1 bilião no pico da onda de febre ABBA, que seguiu o sucesso do musical Mamma Mia!

 

 

Compartir
Artículo anteriorMamma Mia! pelo mundo fora
Sou o que sou e não o que querem. Amante da vida, da natureza, de bom livros, filmes, séries, artes e brigadeiro.